Vantagens da vacinação para gatos


Da mesma maneira que os seres humanos, cães e diversos outros animais, os gatos também estão suscetíveis aos mais variados tipos de anomalias que podem afetar a prejudicar bastante a sua saúde.

Assim, é essencial que eles estejam imunizados contra todas elas. Logo, a vacinação para gato é uma forma de garantir o bem estar e saúde dos felinos de maneira eficaz. 

Por isso, é essencial que os tutores de pets levem essa prática muito a sério e se atentem a maneira correta de aplicação das vacinas.

Desse modo elas surtirão o efeito desejado e contribuirão para que os gatinhos sigam uma vida longa saudável.

importancia da vacina para gatos

As vacinas previnem de doenças que podem comprometer a saúde do seu gatinho.

Ainda é bacana lembrar que, diferentemente do que acontece com os cães, a vacinação dos gatos é bastante específica e depende do organismo de cada um deles.

Então, não adianta nada estipular um calendário de vacinação igual para dois ou mais gatos, uma vez que seus corpos podem reagir de maneira diferente a estas substâncias tão específicas. 

Dessa forma, o recomendado é conduzir os bichanos a um veterinário de confiança para que este possa definir a melhor estratégia de imunização do animal.

Apesar disso, existem algumas vacinas consideradas fundamentais, como iremos acompanhar a seguir.

Vacinas essenciais para todos os felinos

Quando falamos nas principais vacinas para gatos, queremos dizer aquelas que são imprescindíveis, consideradas obrigatórias para a grande maioria dos bichanos. 

São elas a antirrábica, que combate a raiva e a polivalente, que se divide em tríplice (V3), quádrupla (V4) e quíntupla (V5). 

A principal diferença entre essas 3 está na quantidade de antídotos presente em cada e, consequentemente, na relação de doenças que são imunes. 

Assim, é interessante que você saiba para que servem as doses da vacina polivalente:

  • V3 protege o animal da Panleucopenia, da Calicivirose e da Rinotraqueíte;
  • V4, além das enfermidades citadas, também inclui imunização a Clamidiose;
  • V5 inclui todas, mais a Leucemia. Esta só é recomendada para gatos que possuem predisposição a doença.

Ainda existem muitos outros tipos de vacina disponíveis. Contudo, a maior parte delas delas somente serão aplicadas perante recomendação médica.

E o calendário de vacinação?

calendário de vacinação para gatos

Como pudemos observar, ele varia bastante de gato para gato. Entretanto é importante dizer que quanto mais cedo o animal for vacinado melhor.

Isso porque quando o gato é filhote o seu organismo é bastante frágil. Assim, é interessante imuniza-lo durante esta fase da vida para não enfrentar grandes complicações que possam trazer sequelas futuras. 

Sabendo disso, a primeira dose da polivalente deve ser manipulada entre o primeiro e o segundo mês de vida do animal.

Já a segunda dose vem logo em seguida, quando o bichano está com 90 dias de existência. Também não devemos nos esquecer da vacina antirrábica. 

Ela deve ser aplicada quando o animal já está com mais idade, por volta dos 120 dias de vida. Geralmente, ela vem acompanhada da terceira dose da polivalente. 

É importante não extrapolar esses períodos, uma vez que até mesmo os anticorpos passados para o animal durante a amamentação podem interferir diretamente no processo.

Também é interessante dizer que, durante a infância, os donos devem evitar sair com seus gatos na rua ou permitir que ele tenha contato com outros animais antes de se vacinar.

Ainda, depois de atingir a idade adulta, eles precisam voltar a receber as doses de imunização.

Isso varia bastante, de acordo com o tipo de vacina que será aplicada e o organismo do felino.

E se o gato adulto ainda não tomou as vacinas necessárias?

Isso acontece principalmente quando a pessoa adota ou resgata um bichano na rua. Assim, o primeiro passo é levá-lo ao veterinário para saber se ele já recebeu algum tipo de imunização. Conheça a Pet Pillow no site: petpillow.com.br

Caso a resposta seja adversa, o ideal é avaliar o gatinho para saber se eles está apto a receber as primeiras doses. 

E, como a imunidade de um gato adulto já está formada, ele só precisa receber uma dose de cada uma das vacinas obrigatórias para garantir sua saúde e bem estar. 

E quais são os benefícios apresentados pela vacinação?

Para entender os benefícios da vacina para gatos, é interessante saber de que forma estas substâncias atuam no organismo do animal.

Elas são compostas por um conjunto de patógenos que são aplicados no sistema imunológico dos felinos.

Estes podem estar ativos ou mortos, dependendo do tipo de vacina que está sendo utilizado.

Desse modo, o sistema imunológico do animal é estimulado a reconhecer alguns patógenos que podem oferecer risco ao organismo dele.

O interessante é que mesmo quando estão em sua forma ativa, os patógenos contidos nas vacinas estão desabilitados a transmitir as doenças em questão.

Assim, o organismo não corre o risco de desenvolver nenhuma anomalia. Dessa forma, o sistema imunológico de seu bichano já fica acostumado com determinados microrganismo e pode combatê-los em caso de um contato futuro. 

Nota-se que, apesar do assunto em questão ser a vacinação para gatos, o princípio utilizado é o mesmo para diversos outros animais e até mesmo para os humanos. 

Ainda é importante saber que as vantagens da vacinação para gatos vão além da proteção dos felinos.

A prática ainda pode beneficiar os humanos, uma vez que muitas doenças não são exclusivas para gatos, podendo ser contraídas por outros seres vivos.

Não negligencie e vacinação de seu pet

Independentemente se você for um tutor de gatos ou de cães, é fundamental que você sempre esteja com a vacinação do bichinho em dia.

Isso pois, como pudemos observar, este é o método de proteção mais importante e eficiente contra diversas doenças infecciosas.

E, as doenças que mais tiram a vida de animais podem ser evitadas através da vacinação. Portanto, cuida muito bem da saúde de seu companheirinho. 

Além disso, é importante saber que para que o animal seja corretamente vacinado, é preciso que ele esteja saudável.

Isso porque diarreias, vômitos, febres, infecções, vermes e outras disfunções podem prejudicar o processo.

Add Comment