Queda de pelo de Gato


A sua casa vive cheia de pelo de gato grudado no sofá, almofadas, tapetes e também nas roupas? Antes de xingar o felino você preciso saber que essa queda de fios é natural e pode ser reduzida com algumas dicas bem simples. No post a seguir vamos conhecer melhor as possíveis causas desse problema, ensinar a diminuí-lo e muito mais. Confira!

gato com pelo caindo

Queda de pelo de Gato (Foto: Pixabay)

Assim como os cães, os gatos também trocam de pelo todo ano, e esse é um processo totalmente natural e comum a qualquer raça. No entanto, a queda de pelo em excesso pode indicar que o animal de estimação esteja doente, principalmente se ela vier acompanhada de determinados sintomas, como feridas, pele avermelhada, falhas e alterações no brilho e textura da pelagem.

Por isso, é fundamental ficar atento ao comportamento do bichano, para verificar se a perda de pelo é natural ou está relacionada a alguma doença, para que sejam tomadas as medidas corretas para deixar o pet mais saudável e reduzir a quantidade de fios pela residência.

Motivos para queda do pelo

A queda de pelo de gato é natural, conforme comentamos no início do texto. De maneira geral, os felinos realizam a troca de pelos a cada seis meses, nas proximidades dos meses mais frios e dos meses mais quentes do ano, processo semelhante ao ocorrido com os cães.

Essa troca da pelagem consiste em uma estratégia do organismo para se adaptar melhor às temperaturas. Antes do inverno, os pelos mais finos dão lugar aos mais grossos e pesados, enquanto na chegada do verão os fios espessos caem, sendo substituídos pelos mais leves.

Cabe ressaltar que em algumas regiões do Brasil a queda de pelos pode ocorrer ao longo de todo o ano, por causa do clima tropical, em que as estações do ano são pouco definidas. Ou seja, mesmo constante, a perda de fios pode não estar relacionada a nenhuma doença felina.

gato com pelo caindo

A queda de pelos nos gatos pode estar relacionada a vários fatores (Foto: Pixabay)

Veja outras possíveis causas da queda de pelo em gatos:

Parasitas

Pulgas, carrapatos e outros tipos de parasitas podem trazer uma série de problemas para os gatos, inclusive contribuindo para a queda dos fios, devido à coceira constante. O problema pode ser causado ainda por alguns vermes intestinais.

Gravidez

É comum que as fêmeas percam muitos pelos durante a gravidez e também no período de amamentação dos filhotes.

Estresse

Situações que deixam o gato estressado, como viagens longas, mudança de casa, perda do tutor, tristeza e cirurgias são outros fatores que levaram à queda de fios.

Alopécia facial

A falta de pelo entre a orelha e o olho do gato é normal nos primeiros dias de vida do bichano. Mas se essa condição, também chamada de alopécia facial, vier acompanhada de irritação na pele e vermelhidão, pode ser motivo de preocupação.

Alergias

Gato com pelo caindo também pode acontecer devido a reações alérgicas causadas pelo contato com determinados tipos de materiais, como produtos químicos, lã, plásticos, etc.

Dermatose solar

Gatos com pelo branco ou ruivos são mais propícios a sofrer queimaduras de sol. A dermatose solar, como essas queimaduras são conhecidas, podem causar descamamento, vermelhidão e úlceras na pele, além da queda de fios.

Má alimentação

Uma alimentação pobre em nutrientes é outro dos motivos para a queda de pelo em excesso nos gatos. Quem tem o costume de dar comida humana para os felinos precisa rever seus hábitos, pois alguns alimentos podem causar problemas até mais graves.

Como evitar a queda do pelo em excesso

Se a perda de pelo estiver acontecendo por motivos naturais, como os citados anteriormente, não há motivo para se preocupar. Mas mesmo assim dá para reduzí-la, tomando atitudes como escovar o gato diariamente, retirando os pelos mortos e aqueles que estão fracos. Escolha uma escova adequada para não machucar o animal.

Além disso, cuide bem da higiene do bichano, principalmente se ele tem muito contato com outros animais na rua. Dê banhos regulares nele, mas sem exagerar, e utilize sempre os produtos adequados para a higiene do gato (shampoos e sabonetes de humanos podem causar alergias).

gato com pelo caindo

Manter o gato limpo e escovado é um bom começo (Foto: Pixabay)

Veja outras dicas para diminuir a queda do pelo de gato:

  • Use shampoos antiparasitários na hora de dar banho no gato;
  • Invista em uma coleira antiparasitária, para afastar pulgas e carrapatos;
  • Escolha uma dieta balanceada para o gato;
  • Não estresse seu bichinho de estimação;
  • Aplique feromonas no corpo do gato, substância que aumenta a sensação de prazer no pet, deixando-o mais feliz e relaxado, espantando o estresse;
  • Faça a vermifugação a cada seis meses;
  • Evite longas exposições ao sol, no caso de gatos brancos ou ruivos;
  • Tente descobrir se o gato é alérgico a algum material e o mantenha distante deste;
  • Procure o médico veterinário se o problema for persistente e os demais cuidados não diminuírem a perda de pelo.

Remédio para queda de pelo

Algumas das maneiras de tratar queda de pelo de gato foram comentadas acima. Mas há ainda outras boas alternativas para diminuir o transtorno, envolvendo o uso de medicamentos, desde que haja a recomendação do veterinário.

No caso da queda de pelo causada por parasitas, uma opção interessante é utilizar remédio para combater pulgas e carrapatos, disponível sob a forma de comprimido ou líquido para aplicação direta na pele (o medicamento é semelhante ao usado em cachorros).

gato com pelo caindo

Dependendo da causa, pode ser necessário o uso de remédio, indicado por veterinário (Foto: Pixabay)

Já para a perda de pelo causada por doenças, é essencial levar o gato ao veterinário, pois somente o profissional médico saberá identificar qual patologia está originando a queda dos fios e a partir daí irá recomendar o remédio adequado para tratá-la.

Não faça tratamento para queda de pelo de gato por conta própria.

Alimentação para evitar queda do pelo

Uma dieta balanceada para gatos pode fazer toda a diferença na saúde do seu bichinho de estimação, contribuindo não só para uma pelagem bonita e brilhante, mas também para uma maior longevidade.

A alimentação para evitar queda de pelo em gato deve ser rica em ômega 3 e ômega 6, entre outros nutrientes que fortalecem a pelagem. Escolha rações de boa qualidade, preferencialmente de categoria super premium, e invista também em suplementos alimentares para felinos.

E não se esqueça de manter sempre uma vasilha com água fresca para o pet, pois a hidratação constante é outra forma de combater a queda de pelo.

Add Comment