Mini Porco | Como Cuidar, Quanto Custa um Mini Pig?


Quem não gosta ou tem vontade de ter um animal de estimação, não é mesmo? Eles são ótimos companheiros e proporcionam muitos momentos de alegria, risos e afeto. As pessoas normalmente costumam ter como animais de estimação gatos, cachorros, coelhos, entre vários outros. Mas um animalzinho que tem feito um sucesso cada vez maior entre o público é o mini porco.

O Mini porco é o famoso Babe, o porquinho atrapalhado.

 

Cada vez mais tem se tornado mais fácil encontrar pessoas, no Brasil e em várias partes do mundo todo, que ficam deslumbrados com as maravilhas do mini porco e adotando-o como seu pet de estimação, tamanha a fofura que ele apresenta.

Foi envolvido pela mania do mini porco e está doido de vontade de possuir todo? Fique atento na leitura desse artigo para aprender tudo o que puder sobre esta raça.

Quais são as características ?

Para quem nunca teve a oportunidade de conhecer ou ver esse bichinho, ele é originário de uma linhagem de suínos que não atingem o tamanho que um porco tradicional costuma possuir. Enquanto um porco comum pode pesar de 100 até 500 kg, o mini porco possui no máximo um peso que varia entre 25 e 35 kg.

Sua estatura oscila entre 30 a 40 cm. Quando ele chega até a idade adulta, ele vai ter uma altura que varia de 80 a 90 cm. Seu tamanho na fase adulta pode ser comparado ao tamanho padrão de um cachorro buldogue inglês.

 

No que se refere as cores, esses mini porcos podem ter uma coloração bastante diversificada. Isso se explica pelo fato delem serem oriundos da miscigenação de distintas raças pequenas de porcos.

Um mini porco sobrevive, em geral, até os 20 anos de idade. Há alguns casos documentados de exemplares que atingiram os 30 anos de idade. Dessa forma, eles podem se constituir em uns companheiros para uma relação longa, duradoura.

O que é preciso para criar um Mini Porco?

Apesar de ser pequeno, o mini porco é um animal que necessita de espaço, afinal, ele vai alcançar a proporção de um bulldog inglês. Dessa forma, lugares pequenos demais não são indicados para a criação de um mini porco.

Eles necessitam de estar constantemente sendo entretidos. Se eles não receberem a atenção e a dose de diversão suficiente, eles podem acabar se tornando agressivos com os seus cuidadores, gerando algum estresse.

 

É essencial que o dono guarde um tempinho da sua programação diária para fazer passeios e brincadeiras com o seu porquinho de estimação. Procure realizar uma quantidade considerável de atividades físicas, a fim de que ele gaste toda a energia que possui e se distraia.

Se você vive em alguma propriedade na zona rural de sua cidade, como um sítio, fazenda ou uma chácara, por exemplo, que possua, preferencialmente, um jardim ou simplesmente um espaço qualquer com área verde e terra, ele pode encontrar várias maneiras de se divertir. Mas atenção: ele vai fuçar em tudo, então o nível de “destruição” será grande. Se quiser preservar o seu jardim perfeitamente, então é melhor não adotar um mini porco.

As Peculiaridades

Um dado ao qual o pretenso dono de mini porco deve ficar atento é que não são todos os locais que irão aceitar um mini porco em seu espaço. Isso pode ser explicado por várias razões.

Todo porco, por conta da própria essência, grita bastante. Como são animais que se assustam com quase qualquer coisa, ainda mais quando acham que estão sendo ameaçados, o instinto deles entra em ação e, para se defender, uma das reações deles é justamente começar a gritar.

Sendo assim, a qualquer momento em que você fizer a tentativa de pegar ele para por em seu colo, fazer com que ele tire as patas do chão ou ainda segura-lo um pouco para por a coleira, ele certamente vai gritar. O volume dos gritos dele pode ser absurdamente alto, estridente, causando muito incômodo.

 

Há quem consiga, quando eles ainda são pequenininhos, acostuma-los no colo. No entanto, quando eles crescem, começam a dar seus gritos. Eles gritam igualmente quando estão com muita fome. E essa fome pode “bater” de manhã bem cedo, por volta das 6 horas.

Mini porcos são animais inteligentes. Sendo assim, é imprescindível procurar educa-los da forma certa. Gentil, mas firme. Isso porque, tendo em consideração o temperamento deles e seu hábito de gritar, se perceberem que o dono faz o que ele quer apenas para ve-lo calado, ele vai usar isso para conseguir o que deseja sempre.

Os mini porcos são bichos de natureza diurna. Eles acordam bem cedinho e dorme igualmente cedo. Então se você não é uma pessoa que possui hábitos diurnos e nem gosta de acordar cedo, ele não é o animal de estimação certo para você.

Por incrível que pareça, o mini porco praticamente não tem cheiro algum. Eles não ficam com aquele odor desagradável que às vezes um cachorro tem quando não toma banho. Eles possuem um cheiro bem característico da espécie, que é um odor bem suave. Além disso, eles possuem poucos pelos, que não caem tão facilmente assim.

O mini porco aprende a fazer suas necessidades fisiológicas no local apropriado sim. A vantagem é que o xixi de porco tem muito pouco cheiro. Em contrapartida, seu cocô fede e fede demais. A tal ponto que assim que você notar que ele defecou, deve imediatamente limpar o local, para que o odor desagradável não se espalhe e não fique impregnado pela casa.

Como é a alimentação do Mini Porco?

O mini porco come de quase tudo. No entanto, é óbvio que você não deve ficar dando a ele as sobras de suas refeições ou uma ração qualquer que encontrar por aí.

Entre as possíveis coisas que um mini porco pode comer estão:

  • Arroz
  • Feijão
  • Batata doce
  • Abóbora
  • Chuchu
  • Abobrinha

Em suma, o mini porco come legumes, frutas e verduras em geral. Ele pode comer ovo também, mas isso deve ser dado de forma moderada, para não provoca diarreia no animal.

Existem rações próprias para essa raça, mas é preciso tomar cuidado, pois nem sempre elas são o suficiente para dar conta das necessidades nutricionais dele.

Descobrindo como Criar um Mini Porco

Se você quer descobrir como criar um mini porco com o maior cuidado e carinho possível, então esperamos que tenha prestado muita atenção nas dicas que demos nesse artigo. Cuide do seu animalzinho com capricho e você terá em retribuição uma dose generosa de afeto por parte deles.

 

 

Add Comment