Como adestrar Rottweiler


Quem adota um cão logo tem a preocupação em adestrá-lo, e se você tem a responsabilidade de lidar com um rottweiler, com certeza quer saber qual a melhor forma de fazer isso. Se esse é o caso, nós podemos ajudar.

Características do Rottweiler:

Características do Rottweiler

 

Conhecido por seu uso como cão de guarda, o Rottweiler é um cão de grande porte, que mede entre 60 e 70 cm e pesa entre 45 e 60 quilos, tornando-o um animal forte e robusto, para o qual uma boa criação e o adestramento são fundamentais para garantir um bom comportamento.

Como são utilizados primariamente para a proteção e segurança, é recomendado que o adestramento trabalhe a obediência de maneira ativa. Já adestramento de ataque não é recomendado, em especial caso quem estiver tentando adestrá-lo não tenha conhecimentos necessários ou técnica adequada para tal.

Quando começar a adestrar?

 

Cães em geral devem começar com o adestramento ainda enquanto filhotes, e no caso do rottweiler isso é uma realidade já que eles tendem a ser territoriais, comportamento esse que deve ser suprimido,com o adestrador assumindo a liderança com o processo de treinamento.

O treinamento pode ser iniciado a partir dos três meses, quando o filhote já pode ser separado dos pais. Já a socialização – fundamental para que o adestramento seja bem feito – pode ser iniciado uma vez que o calendário de vacinação já tenha começado e o veterinário liberá-lo para passeios na rua.

O adestramento também é possível para cães mais velhos, porém isso poderá requer mais paciência já que o cão pode estar acostumado a fazer as próprias vontades e não ter o ímpeto inicial de responder as ordens do adestrador.

A importância da socialização do Rottweiler

A importância da socialização do Rottweiler

 

Antes do adestramento, é importante que o cão seja socializado. A socialização do filhote é o que será fundamental para garantir que ele seja sociável e não apresente problemas de comportamento ou agir de maneira reativa no futuro. Nessa fase ele terá contato com outros pets, pessoas e também diversos tipos de objetos, acostumando-o aos poucos com movimento e a forma de agir adequada. Esteja sempre de olho no comportamento do cão, interpretando sua postura e repreendendo quando necessário.

Como corrigir mau comportamento do rottweiler

corrigir mau comportamento do rottweiler

 

O adestramento é um processo que envolve paciência, e eventualmente o cão desobedecerá ordens. É importante ter uma postura firme e dizer “não” quando necessário, mas sem o uso de castigos físicos ou coleiras enforcadoras. Isso evitará que o cão desenvolva comportamento agressivo, e uma vez que cães dessa raça são grandes e fortes, é melhor evitar esse tipo de risco.

Como começar o adestramento do rottweiler

 

Uma vez que o cão aprenda coisas básicas como fazer suas necessidades no lugar correto, é importante começar com o treinamento de comandos básicos, como sentar, deitar e ficar quieto, ir até o tutor, deitar, andar junto, ir até onde foi mandado. Esses são comandos simples e fundamentais uma vez que podem facilitar a rotina da casa como hora de comer e hora do passeio.

Para isso, a indicação é de que as sessões não sejam longas. Estamos falando uma sessão de 15 minutos ou duas sessões de 10 minutos por dia, ensinando as ordens uma a uma. O tempo de cada sessão é curto para que o cão não se aborreça. E claro, sessões acompanhadas de reforço positivo, fazendo carinho ou oferecendo um petisco.

Adestramento de Rottweiler com métodos avançados

Adestramento de Rottweiler com métodos avançados

 

Caso queira que o cão seja capaz de realizar mais do que os comandos básicos, vale a pena pensar em auxílio profissional para o ensinamento de novas técnicas com o circuito de adestramento. Conforme mencionado antes, evite o adestramento de ataque, ou caso realmente precise dele, deixe a tarefa por conta de profissionais habilitados.

Dicas para adestrar um Rotweiler

Veja algumas dicas que podem ser úteis para o treinamento do seu rottweiler:

 

  • Assuma a liderança: É preciso que o cão saiba quem está no comando e isso é fundamental no processo de adestramento, especialmente quando o cão tende a ser territorialista. Nunca deixe que ele domine a situação e esteja disposto a treinar a obediência de maneira profunda e assim evitar problemas de comportamento.
  • Tenha uma rotina: Para facilitar o adestramento é preciso que o cão tenha uma rotina com horários bem definidos, como hora de comer, de passear, de treinar e de dormir.
  • Comece quando ele for filhote: Começando a adestrá-lo desde filhote será possível moldar o comportamento e trabalhar a socialização e adestramento de obediência com maior facilidade. Isso posteriormente poderá evitar que ele ataque sem o comando direto do tutor.
  • Esteja preparado para recompensar: Reforço positivo é fundamental para o adestramento de cães em geral portanto não deixe de recompensar os progressos.
  • Tenha paciência: O adestramento é algo que exige paciência por parte do tutor, portanto não tente acelerar etapas ou ter pressa nem desistir. Pode parecer demorado, mas o treinamento valerá a pena.

Boa sorte e bom trabalho!

Assista abaixo um vídeo que demonstra a diferença do cão adestrado:

Add Comment