Canário belga: como criar, alimentação e cuidados


Ter um bichinho de estimação em casa é sempre uma alegria. Eles trazem vida e carinho para as nossas vidas, dando mais cor e ânimo a ela. Muitas pessoas, ao contrário daquelas que gostam de ter cachorros ou gatos, preferem ter uma ave, como um canário belga, por exemplo. O canário belga é um bicho que demanda cuidados especiais.

Canário belga

Dependendo da fase de vida em que o canário está, ele requer cuidados ainda maiores. Dessa forma, conhecer técnicas e cuidados para tratar bem desse animalzinho é muito necessário. Quer saber como cuidar corretamente de um canário belga? Então continue lendo esse artigo para saber mais!

Qual o local de criação mais apropriado?

Quem tem vontade de começar a criar um canário belga (ou mais), normalmente é plenamente possível fazer alguma adaptação de algum cômodo que já existe na casa ou apartamento. Basta apenas modificar a organização de alguns móveis, mudando eles de lugar ou então colocando a “casinha” do canário em um lugar mais estratégico.

Mas vale a pena ressaltar aqui que é mais adequado é, de preferência, que a acomodação que irá receber o animal seja bem servida com uma janela bem grande, direcionada para o sol nascente.

Essas janelas obviamente não podem estar desprovidas de algum tipo de proteção, estarem “nuas”, “abertas”. É fundamental que você coloque uma tela dotada de uma malha fina para impedir que insetos entrem no recinto.

Ela deve também ter uma disposição de modo a evitar uma corrente de ar direta sobre as gaiolas. Isso serve para prevenir a ocorrência de problemas respiratórios. Contudo, é essencial que haja circulação de ar. Caso não haja, basta fazer pequenas aberturas junto ao forro, que ajudarão o ar aquecido a sair mais facilmente.

A previsão da quantidade de canários ou então de casais de canários precisa ser feita em concordância com as dimensões do criadouro em questão. Tenha em mente que, caso você tenha um casal de canários-belga, é importante haver espaço para abrigar os futuros filhotes.

Como devem ser as gaiolas para a criação?

O tipo de gaiola mais recomendada para a criação de canário belga são aquelas confeccionadas com arame galvanizado, portando uma grade divisória removível e também suportes externos para a colocação de bebedouros e de comedouros.

Há uma variedade imensa de gaiolas, com qualidade incrível. Indicamos fortemente que, antes de comprar uma gaiola, que você realize uma boa pesquisa para selecionar o modelo mais apropriado e conveniente para as suas necessidades.

Ainda que isso eleve um pouco o custo da aquisição, é interessante que você adquira uma espécie de grade-piso extra, que vai facilitar bastante na hora de limpar a gaiola. O fundo dessa gaiola precisa ser forrado com um papel com uma boa capacidade de absorção, como um jornal, por exemplo.

Esse fundo da gaiola, também conhecido como bandeja, precisa necessariamente ser limpo com alguma frequência, principalmente quando houver um acúmulo considerável de sujeira (fezes, resto de comida, penas, etc).

Tanto as grades-piso, quanto os poleiros precisam ser limpos pelo menos duas vezes na semana. Eles devem ser retirados e limpos com sabão, água e algum tipo de solução desinfetante. Os poleiros, quando ficarem muito sujos, por conta do acúmulo de detritos ao longo do uso (mesmo com a limpeza), devem ser trocados.

Alguns cuidados relacionados aos canários belgas

É muito importante que, além da limpeza da grade, bandeja e poleiro, que você limpe constantemente o comedouro e bebedouro do animal. Deve-se evitar que se acumule poeira e outras sujidades.

Além disso, é de suma relevância que você limpe o bebedouro todos os dias. Por conta da óbvia existência de água nesse utensílio, se não houver essa limpeza constante, pode-se criar limo na parte interior do mesmo, podendo potencialmente prejudicar a saúde do bichinho.

Um aspecto curioso é que o canário belga necessita tomar banho com bastante frequência. Para poder fazer isso, você deve comprar banheiras plásticas. Elas não precisam ser muito grandes, mas precisam ser capazes de entrar pela porta da gaiola. Há hoje em dia algumas banheiras plásticas externas que podem ser facilmente adaptadas a porta da gaiola.

É interessante que ao chegar a noite, sobretudo em dias mais frios, que você cubra a gaiola usando um cobertor, para que ele fique aquecido. Além de mantê-lo em uma temperatura mais quentinha, esse cobertor servirá para protege-lo e insetos e outros bichos que possam querer incomodá-lo.

As penas do canário belga são bastante delicadas. Sendo assim, procure consultar um veterinário. Ele irá te receitar alguma vitamina para você ministrar ao seu passarinho, a fim de que ele fique bem saudável e consequentemente as penas dele também.

Aliás, falando-se em veterinário, é muito importante que você leve o animal ao médio pelo uma vez por ano. O objetivo disso é assegurar-se de que o animal está bem, que não apresenta nenhum problema.

Qual é a alimentação do canário belga?

A alimentação do canário belga é bastante simples e fácil. Eles comem basicamente alpiste. Mas eles também são amantes de todos os tipos de leguminosas, verduras, frutas e uma série de outros alimentos.

Os alimentos, além obviamente do alpiste, que são recomendados para serem ministrados ao canário belga são:

  • Escarola;
  • Almeirão
  • Chicória;
  • Talo de agrião
  • Rúcula
  • Couve
  • Mostarda
  • Jiló
  • Milho verde
  • Cenoura
  • Ovo cozido
  • Amora
  • Banana
  • Cajá
  • Goiaba
  • Maçã
  • Mamão
  • Manga
  • Pêra

De forma alguma dê algum tipo de fruta cítrica para a ave e nem abacate também. Esses frutos possuem nutrientes que podem ser prejudiciais para a saúde do animal.

É interessante que ao dar verduras e legumes para o seu canário belga, você tenha uma boa dose de percepção e note aqueles que ele gosta mais. Nem todos os canários gostam de todas as verduras. Além disso, é crucial que você higiene bem esses alimentos antes de dar a ele.

Criar um canário belga não é difícil, mas é uma tarefa que requer atenção e cuidado, devido a delicadeza desse tipo de animal. Com os cuidados certos, seu bichinho vai estar sempre saudável e feliz.

2 Comments

  1. Ivonete 12/03/2019
  2. Renata 31/10/2019

Add Comment